O Cocó de lá.

In Bem Viver, Cidadanismo, Política, Sustentabilidade by ancuri1 Comment

Fortaleza cresce indômita, transbordando-se desordenada, devorando seus arredores. Como égua tresloucada cutucada em seus vazios. Mas seus arredores não são o nada à espera de preenchimento, seus arredores são gentes e suas terras, com seus rios e seus costumes, suas histórias, memórias, conhecimentos. Volume enorme de vida atropelado por quilômetros de asfaltos ou toneladas de concretos. Passado, passado a rodo; presente destruído.

Fortaleza tem sede, e não importa que o Gavião devore o Rio e suas gentes. Lá na Área-Verde do Ancurí. Lá onde mora Tadeus, Tonha, Branca, Ciça, Miguel, Bidoca, Chiquinha. Essa gente toda e muitas outras gentes. O Gavião trouxe água pra Fortaleza e não se importou com o peixe grande daquela comunidade. Deixou o bodó cascudo e levou a história do encontro de Tonha e Tadeus no embolado da corrente que cessou.

Essa conversa foi tema do encontro de sábado lá na Casa Azul. Lá estavam as crianças do projeto de arte, memória e leitura da Associação Francisca Matos, representantes do Coletivo Bem Viver, moradores de diversos sítios que estão construindo essa ideia de uma Eco-Aldeia, outros moradores antigos que conduziram a prosa com sua linha forte de memória. Todos reunidos recordando os passos da campanha de limpeza do rio Cocó no trecho que vai do açude Gavião até o Anel-Viário.

Lembraram da visita ao rio pelas crianças que nem sabiam da existência dele, tão sumido que ele anda do cotidiano da comunidade.

Comemoraram a roda de memória quando puseram repassar pros meninos as histórias do tempo do rio vivo.

As crianças falaram dos desenhos e cartas elaboradas com o desejo de ter o rio correndo de novo por aquelas bandas.



Recordaram a experiência na sede da Secretaria de Meio Ambiente de Itaitinga quando puderam entregar ao Secretário e ao Conselho Municipal a Carta pedindo a limpeza do Rio.
Tramam agora novas ações, planejam agora novos passos, porque sabem que a luta é longa e que o caminhar deve ser constante.

Comments

  1. ROBERTO CLEYBER SILVA DE OLIVEIRA

    Muito importante o seu trabalho, Karlo. Continue assim e conte conosco.

Leave a Comment